Dr. Ognev Cosac palestra sobre reconstrução mamária no XXXIII Congresso Brasileiro de Cirurgia

O presidente da Associação Médica de Brasília (AMBr), Dr. Ognev Cosac, cirurgião plástico, participou de mesa redonda do XXXIII Congresso Brasileiro de Cirurgia, nesta sexta (3).

O tema “Atualização na reconstrução mamária” foi proposto pelo Colégio Brasileiro de Cirurgiões, com o objetivo de dar uma visão ampla e atual a respeito das técnicas de reconstrução da mama. A mesa foi composta por expoentes da reconstrução mamária nos cenários nacional e internacional.

Dr. Ognev Cosac falou sobre a reconstrução imediata com retalho peitoral e pedículos inferiores e apresentou alternativas técnicas para a reconstrução, utilizando metodologias que substituem, em casos selecionados, a matriz dérmica – produto de alto custo, sem produção nacional e com autorização restrita da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para sua disponibilidade.

“A matriz dérmica é um produto muito caro, que foge da realidade do serviço público brasileiro. Como a gente não tinha esse recurso, lá em 2003 e 2004 – quando comecei esse trabalho -, desenvolvemos a alternativa para substituir a necessidade dessa extensão do músculo peitoral, permitindo que fosse colocado, debaixo dele, uma prótese, sem passar pelo estágio do expansor e pelas dificuldades e complicações que as outras técnicas oferecem”, explicou o presidente da AMBr.

A técnica detalhada por Dr. Ognev durante a mesa redonda não depende da matriz dérmica celular, produto que custa entre 20 a 30 mil reais (o que se traduz em 4 a 5 vezes o custo da cirurgia convencional). Dr. Ognev lembra que este custo inclui apenas a matriz. Não considerando internação hospitalar, equipe cirúrgica e anestésica.

“A disponibilidade dos produtos importados tem um custo elevado. Não existe a produção dessas membranas no Brasil. Eu não quero tirar o mérito delas. Mas estamos criando alternativas que não dependem deste produto, que é bom. Porém, podemos alcançar o mesmo resultado sem ele, na maioria dos casos”, disse Dr. Ognev.

O Congresso

Desde 1938, os congressos realizados pelo Colégio Brasileiro de Cirurgiões já são uma tradição na cirurgia nacional. A edição de 2019, realizada de 1 a 4 de maio, no Centro de Convenções do Brasil (CICB), em Brasília, marca a comemoração dos 90 anos do CBC.

O XXXIII Congresso Brasileiro de Cirurgia aborda as mais diversas áreas de atuação do cirurgião brasileiro. Dos avanços tecnológicos até as mais recentes recomendações para o cuidado do paciente cirúrgico, o conteúdo científico é apresentado por cerca de 500 especialistas de todo o país, além de convidados internacionais.

Além do presidente da AMBr, Dr. Ognev Cosac, esteve presente no evento, o presidente da Associação Médica Brasileira (AMB), Dr. Lincoln Lopes Ferreira.

Facebook
Twitter

Mais Noticias...


Comentários



Adicionar Comentário




© Copyright 2019. AMBr - Associação Médica de Brasilia